Práticas de conservação preventiva e preservação aplicadas aos folhetos de cordel na Fundação Casa de Rui Barbosa

  • Adriana Mesquita Figueiredo
  • Fabrício Alves da Silva
Palavras-chave: Literatura de cordel, coleções especiais, conservação preventiva, preservação digital, Fundação Casa de Rui Barbosa

Resumo

Este artigo se concentra em descrever e explorar as medidas adotadas pela Fundação Casa de Rui Barbosa (FCRB) para assegurar a preservação da rara coleção de folhetos de cordel sob a guarda da instituição. A FCRB abriga um dos maiores e mais raro acervo desse gênero na América Latina. Portanto, a preservação e a conservação desta coleção são essenciais para garantir que esse valioso patrimônio cultural permaneça acessível ao público, agora e no futuro. A metodologia deste estudo de caso se baseia em uma pesquisa bibliográfica que combina conceitos e noções aprendidos na disciplina Conservação preventiva: a interface entre edifícios e coleções no Programa de Pós-Graduação em Memória e Acervos, ofertado pela FCRB. Este estudo também explora o trabalho de preservação digital realizado pela Casa, que visa tornar a coleção de folhetos de cordel acessível ao público por meio de plataformas digitais. Informações relevantes sobre o Serviço de Preservação (SEP-FCRB) também foram incluídas no texto; obtidas por meio de entrevista concedida aos autores por Edmar Gonçalves, chefe desse setor que desempenha um papel fundamental na salvaguarda e conservação da coleção. As percepções especializadas do entrevistado oferecem uma visão valiosa das práticas de conservação e preservação implementadas pela FCRB.

Publicado
2023-12-28
Como Citar
Figueiredo, A. M., & da Silva, F. A. (2023). Práticas de conservação preventiva e preservação aplicadas aos folhetos de cordel na Fundação Casa de Rui Barbosa. Memória E Informação, 7(1), 32-44. Recuperado de https://casaruibarbosa.gov.br/index.php/fcrb/article/view/219